Início Arouca SAÚDE ORAL NO CENTRO DE SAÚDE DE AROUCA: MAIS DE 2700 CONSULTAS...

SAÚDE ORAL NO CENTRO DE SAÚDE DE AROUCA: MAIS DE 2700 CONSULTAS EFETUADAS NO 1.º ANO DE FUNCIONAMENTO

COMPARTILHAR

As consultas de saúde oral no Centro de Saúde de Arouca começaram a 14 de agosto de 2017. Desde então e até ao dia 10 de agosto de 2018, 1144 utentes beneficiaram deste serviço de estomatologia e foram efetuadas 2771 consultas. De acordo com dados da Administração Regional de Saúde (ARS) Norte, dos tratamentos efetuados 1139 foram restaurações, 685 extrações, 310 destartarizações e 282 desvitalizações.

As consultas de medicina dentária na Unidade de Saúde de Arouca integram o projeto-piloto nacional «Médicos Dentistas nos Cuidados de Saúde Primários», que permitiu ampliar a cobertura do Serviço Nacional de Saúde na área da saúde oral. Em Arouca, as consultas são possíveis devido ao acordo de parceira formalizado entre a Câmara Municipal e a ARS Norte. À autarquia coube a compra e instalação da cadeira especializada e os devidos instrumentos clínicos complementares (no valor de cerca de 37 mil euros).

Para a presidente da Câmara Municipal de Arouca, o balanço do primeiro ano de funcionamento do consultório dentário é positivo. “Os números denotam a importância das consultas de saúde oral para os arouquenses. Arouca foi uma das autarquias que desde o início se manifestou disponível para aderir ao projeto-piloto «Médicos Dentistas nos Cuidados de Saúde Primários». Com a adesão, viabilizámos as consultas de saúde oral, integradas no Serviço Nacional de Saúde, contribuindo, assim, para a melhoria dos cuidados de saúde e para o combate às assimetrias territoriais e sociais no concelho. O balanço é, por isso, francamente positivo”, refere Margarida Belém.

Por ocasião da assinatura do protocolo entre a ARS Norte e autarquia, o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde Fernando Araújo havia destacado a importância do apoio da Câmara Municipal na implementação de mais um serviço de saúde de proximidade, sublinhando o envolvimento da edilidade que, perante um centro de saúde sem equipamento de medicina dentária, se dispôs a suportar o investimento necessário para o efeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

nineteen + eight =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.