Início Castelo de Paiva Meio ano depois dos incêndios: o que já foi feito, o que...

Meio ano depois dos incêndios: o que já foi feito, o que falta fazer

COMPARTILHAR

15 de abril de 2018. Faz hoje seis meses que as chamas deflagraram 80% do território de Castelo de Paiva. O verde que, em outubro, pintava as paisagens da região, substitui-se pelo negro.

Foram sete freguesias afetadas das nove que pertencem ao concelho. 14 famílias viram as suas casas serem consumidas pelas chamas e outras 200 roubar-lhes o posto de trabalho que lhes garantia o sustento.

O céu cinzento de hoje desperta as lembranças do amanhecer cinzento que se fazia acompanhar pela mancha de fumo que pairava no ar. Agora, os sinais de que meio ano se passou são evidentes.

Várias foram as ações já colocadas em curso desde outubro de 2017, como a recolocação da sinalização que ficou queimada e os trabalhos iniciais na fábrica que deixou 200 trabalhadores sem local de trabalho.

Ainda assim, são muitas as árvores queimadas que ainda estão por remover, o que denota a dimensão dos incêndios. O mesmo acontece a algumas habitações que ainda não tiveram intervenção.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

ten + 10 =