Início Ciência Cientistas alemães criam “nariz eletrónico” que se poderá anexar a smartphones

Cientistas alemães criam “nariz eletrónico” que se poderá anexar a smartphones

COMPARTILHAR

Esta tecnologia poderá ajudar a evitar perigos na nossa vida diária como, por exemplo, alimentos em mau estado de conservação ou fios a arder, já que o sensor poderá detetar-los com maior rapidez do que o nariz humano.

Investigadores do Instituto Tecnológico de Karlsruhe, na Alemanha, desenvolveram, através de um projeto chamado smelldect, um aparelho com olfato que possui capacidades similares, e por vezes até mesmo superiores, às do nariz humano, segundo a RT.

De acordo com um comunicado publicado esta quinta-feira no site da intituição, este sensor está programado para identificar uma ampla variedade de dodores. Segundo afirma o líder do estudo, Martin Sommer, o objetivo do projeto smelldect é criar “um sensor de odor barato para uso diário” que poderá ser anexado a diversos dispositivos, incluindo smartphones.

O princípio operacional do “nariz eletrónico” consiste numas nanofibras especiais que percebem os odores e emitem uns sinais que são depois detetados pelo chip do sensor. Se este já “conhecer” o odor, poderá identificar-lo em apenas alguns segundos.

De acordo com especialistas, o avanço tecnológico poderá ajudar a evitar perigos na nossa vida diária como, por exemplo, alimentos em mau estado de conservação, ou fios a arder, já que o sensor poderá detetar-los mais rápido que o nariz humano.

Além disso, esta tecnologia também poderá contribuir para outros campos da ciência e converter-se no futuro órgão olfativo dos robôs.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

15 − 8 =