Início Ciência Polvos são extraterrestres que vieram para a Terra em ovos crio-preservados

Polvos são extraterrestres que vieram para a Terra em ovos crio-preservados

COMPARTILHAR

Os polvos são criaturas tão misteriosas e extraordinárias que só podem ter vindo do espaço. É a conclusão de uma pesquisa que refere que estes animais marinhos evoluíram noutro planeta, em ovos “crio-preservados”, antes de chegarem à Terra há milhões de anos.

Esta pesquisa, publicada no Progress in Biophysics and Molecular Biology, envolveu 33 cientistas, incluindo Chandra Wickramasinghe, conceituado astrónomo e director do Centro de Astrobiologia da Universidade de Buckingham, no Reino Unido, que é considerado um dos proponentes da chamada Nova Panspermia – esta teoria atribui a origem e a evolução da vida a “esporos” lançados no espaço e disseminados pela Terra e por todo o Universo.

Contando com investigadores que vão das áreas da Biologia e Bioquímica, até à Astronomia e às Ciências Matemáticas, a investigação conclui que a evolução do polvo foi tão rápida que só pode ter tido origem num ambiente extraterrestre.

A pesquisa tenta explicar se o súbito aparecimento de formas de vida complexas na Terra durante a chamada Explosão Cambriana ou Explosão Câmbrica, há cerca de 530 milhões de anos, foi um evento “terrestre ou cósmico”. E a conclusão é de que tudo teve origem no espaço, graças ao bombardeamento de “nuvens de moléculas orgânicas”.

Os polvos são apontados como um exemplo desse processo, dada o seu súbito aparecimento na Terra, há cerca de 270 milhões de anos.

Os autores do estudo reparam que “o genoma do polvo demonstra um nível impressionante de complexidade, com mais 33.000 genes codificadores de proteínas do que os que estão presentes no Homo sapiens“.

Destacando o seu “cérebro grande e o sistema nervoso sofisticado, os olhos tipo câmara, o corpo flexível, a camuflagem instantânea”, os cientistas notam que estas características apareceram “de repente no cenário evolutivo” e que não se encontra um caso similar “em nenhuma outra forma de vida pré-existente”.

Assim, a “explicação plausível” é que “são, provavelmente, importações extraterrestres para a Terra”, fruto de “genes funcionais dentro de ovos de polvo fertilizados e crio-preservados”, aponta-se no estudo.

Os polvos são considerados os mais inteligentes animais não-vertebrados e já vinham sendo apontados como uma espécie de seres “extraterrestres”, dadas as suas características extraordinárias.

O cinema está repleto de filmes de ficção científica com polvos vindos do espaço, e muitos especialistas em fenómenos extraterrestres não duvidam que são formas de vida alienígena.

Em 2015, investigadores da Universidade de Chicago, nos EUA, conseguiram sequenciar o ADN do polvo, concluindo que não há outro animal igual no planeta e atestando as suas sofisticadas capacidades cognitivas. Características que levaram um dos autores do estudo, o neuro-biólogo Clifton Ragsdale, a salientar, num tom bem humorado, que se tratava do “primeiro genoma sequencial de algo como um extraterrestre”.

SV, ZAP //

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

two × four =