Início Ciência Satélites da NASA detetam mudanças muito estranhas na água doce da Terra

Satélites da NASA detetam mudanças muito estranhas na água doce da Terra

COMPARTILHAR

Através de observações de satélite e dados sobre atividades humanas, os cientistas revelaram grandes mudanças na quantidade de água doce nas diferentes regiões do mundo.

Com a ajuda de satélites, uma missão conjunta entre a NASA e o Centro Aeroespacial Alemão, a chamada missão Gravity Recovery and Climate Experiment (GRACE), os cientistas analisaram as quantidades de água doce disponíveis na Terra de 2002 a 2016.

Durante a investigação, os especialistas combinaram as observações de satélites com dados sobre atividades humanas de forma a mapear os lugares onde a quantidade de água doce está a mudar e, consequentemente, descobrir a causa dessas transformações.

Um novo mapa da NASA identificou 34 pontos de água terrestre que têm sofrido algumas mudanças.

A missão revelou que as áreas de terras húmidas tornaram-se ainda mais húmidas, enquanto as terras secas secaram ainda mais. Algumas das mudanças, tanto positivas como negativas, foram causadas pelas ações humanas. Ainda assim, fatores como as mudanças climáticas desempenharam também um papel importante.

“Estamos a presenciar uma grande mudança hidrológica“, afirmou o coautor do estudo Jay Famiglietti, do laboratório Jet Propulsion Laboratory da NASA em Pasadena, Califórnia.

Embora o nosso planeta esteja coberto por água, apenas 2 e 3% desta água é doce e encontra-se em lagos, rios, neve, águas subterrâneas e gelo. A perda de água doce das camadas de gelo nos polos, atribuída à mudança climática tem como consequências o aumento do nível do mar.

A par disso, importa frisar que a água doce é um dos recursos mais essenciais na Terra, quer para o consumo, quer para a agricultura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

nineteen − three =