Início Ciência Cientistas criam vacina universal para toda a vida contra o vírus da...

Cientistas criam vacina universal para toda a vida contra o vírus da gripe

COMPARTILHAR

Uma vacina universal para proteger-nos do vírus da gripe e de todas as suas variações está a ser desenvolvida por cientistas da Universidade da Pensilvânia, nos EUA, e, em breve, pode ser testada em humanos.

As vacinas atuais, oferecidas durante as estações da gripe, podem tornar-se ineficazes à medida que as variações do vírus sofrem mutações e se tornam resistentes. Mas uma nova vacina tem como alvo uma parte do vírus que não muda entre as estirpes, o que significa que não se poderiam tornar resistentes da mesma maneira.

Os autores da pesquisa dizem que ficaram “maravilhados” com o sucesso da vacina. Segundo o novo estudo, desenvolvido por investigadores da Universidade da Pensilvânia, nos EUA, a capacidade do corpo de parar a gripe fortalece com o tempo.

“O céu é o limite”, dizem os autores da investigação, publicada na semana passada na revista científica Nature Communications. Apesar de as vacinas contra a gripe estarem amplamente disponíveis, o vírus ainda infecta milhões de pessoas todos os anos.

Muitos são hospitalizados e mais de 30 mil pessoas morrem anualmente nos EUA por causa da gripe ou complicações causadas pela doença. A vacina desenvolvida durante o estudo protegeu com sucesso da gripe cobaias de várias estirpes.

As respostas dos corpos à infeção também se fortalecem ao longo do tempo depois de serem vacinadas e tem maior eficácia após 30 semanas. “Se funcionar em humanos, mesmo em metade do que funcionou em cobaias, então o céu é o limite”, disse o autor do estudo, Dr. Scott Hensley. “Pode ser algo que todo a gente venha a utilizar no futuro para se proteger da gripe”.

A vacina funciona ao imitar uma infeção da gripe e provocando o sistema imunitário do corpo para aprender a atacar o vírus. Para se ter uma ideia, esta vacina é diferente porque, se imaginarmos que o vírus é coberto com proteínas em forma de cogumelos, ataca o caule do cogumelo.

As vacinas sazonais atacam a cabeça do cogumelo, mas estas podem mudar de forma quando as estirpes do vírus sofrem mutação, o que significa que a vacina se torna inútil. É por isso que as vacinas sazonais têm de ser dadas todos os anos – porque a natureza do vírus mudou e uma nova vacina é criada.

“Esta vacina foi capaz de fazer algo que a maioria das outras vacinas candidatas contra a gripe não foi capaz de fazer”, disse o co-autor do estudo, Dr. Drew Weissman.

“Quando começamos a testar esta vacina, ficámos impressionados com a magnitude da resposta imune”, acrescenta Hensley. Além de experiências com cobaias, os cientistas também testaram a vacina em furões e coelhos e esperam iniciar testes em humanos dentro de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

four + thirteen =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.