Início Ciência Rival chinesa da SpaceX falha na viagem inaugural

Rival chinesa da SpaceX falha na viagem inaugural

COMPARTILHAR

O lançamento de um satélite pela empresa chinesa de foguetes LandSpace falhou após surgir um problema de última hora.

Depois de iniciada a corrida espacial independente pela Blue Origin, SpaceX e Virgin Galactic a China tem tentado juntar-se a este grupo restrito de empresas desde 2012, altura em que Xi Jinping, presidente chinês, afirmou que tornar o país uma super-potência nos voos espaciais seria uma prioridade.

O foguete em causa, Zhuque-1, deveria ser lançado para a sua viagem inaugural no passado sábado através do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan, na Mongólia e levaria o satélite “Future” para a órbita terrestre.

Correndo bem, o Zhuque-1 seria o primeiro foguete privado a lançar um satélite em órbita na China.

O Zhuque-1 foi projetado para ser lançado em três estágios e, enquanto os dois primeiros disparos ocorreram sem problemas, no terceiro e último estágio ocorreu um problema que fez com que o foguetão não atingisse a órbita terrestre baixa ao qual era esperado chegar com sucesso.

Como o Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan encontra-se no Deserto de Gobi, a falha do foguetão não colocou ninguém em perigo.

Apesar do falhanço, a empresa LandSpace já tem a próxima tentativa agendada para 2020 com o lançamento do Zhuque-2.

Até ao momento, nenhuma das quase 60 empresas chinesas conseguiram atingir o sucesso das empresas ocidentais como a SpaceX, Blue Origin ou a Virgin Galactic e este falhanço mostra que a ambicionada supremacia chinesa no cosmos está ainda distante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

eighteen − four =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.