Início Crónicas Crónica: É preciso falar verdade

Crónica: É preciso falar verdade

COMPARTILHAR

Na minha qualidade de operador turístico, na área do alojamento local, e munícipe atento, divulguei ao máximo, há dois anos, a ideia que ouvi, dos responsáveis autárquicos, referente à construção de um passadiço de Pedorido ao Castelo. Depois, fui entrando na realidade e também acreditando nas notícias que ia ouvindo. 


Chegou a adjudicação da obra, há uns meses bem largos, e afinal, caí na realidade, só íamos ter 300 metros de passadiço. Bom mesmo assim mais vale 300 metros que zero.


Depois existe um trilho ou o chamado antigo caminho dos Mineiros, pelo menos até Gondarém.

Conheço bem o trilho/caminho que existe de Pedorido a Sardoura e de Sardoura a São Martinho(Covas) e dali ao Castelo (Quinta Castelo de Baixo).  Torna-se necessário construir uma pequena passagem junto ao Hotel Douro 41 e uma pequena ponte no lugar do Remezal, em Santa Maria de Sardoura. Sou dos que considero que se tratava (e ainda acredito nessa realidade) de uma excelente iniciativa para atrair turistas ao concelho. 

Hoje foi-me entregue a agenda cultural de Agosto e Setembro e para minha admiração, porque é a primeira vez que acontece com o actual Presidente no poder, aparece-nos o vereador da Cultura e Desporto a fazer o editorial. Estaria o Senhor presidente de férias? Também tem o direito, nesse caso existi para o substituir, o Vice Presidente, e dada a matéria em questão teríamos a Vereadora do Turismo.

Mas até coloco a hipótese destes dois membros também estarem de férias. Estaremos a antecipar um final de um ciclo ? Considero perfeitamente normal.


Mas enfim, alguma estratégia este editorial terá, agora não pode vir o Senhor Vereador da Cultura (!!!!) contradizer o que o Senhor Presidente da Câmara disse a 1 de Agosto de 2018, a diversos órgãos de comunicação social locais e nacionais.

Parece querer com este editorial, tentar cobrir o sol com uma peneira.


A um de Agosto fomos “convidados” para uma inauguração, agora neste editorial somos “convidados” para outra inauguração “para os próximos meses”. Ninguém se entende.
Os trabalhos a mais nesta empreitada, ainda em curso, só podem ir até aos 20%, no entanto cerca de 50 mil euros de trabalhos a mais pela Câmara Municipal já foram aprovados. Será que não vamos ter que fazer novo concurso para concluir esta empreitada? Ou vamos ter de novo uma empreitada com trapalhadas iguais às que foram as do mercado Municipal e do Centro de interpretação local ?


Por mim desde que “não falsifiquem documentos” tudo bem, mas façam tudo dentro da legalidade.
E já agora inaugurem a obra somente quando estiver totalmente concluída, para bem do Turismo em Castelo de Paiva e nesta vasta região.

Eu por mim continuarei a divulgar que vamos ter um trilho de Pedorido ao Castelo, e que o mesmo tem 300 metros de passadiços.

Paulo Teixeira 


  • Espaço livre para publicações de crónicas e poemas. Os textos não são editados nem alterados.
  • A responsabilidade pelo texto aqui redigido é inteiramente do autor e seu envio é registado via assinatura digital. 
  • Tens uma crónica ou um poema? Enviem-nos para [email protected] ou por mensagem em nossa página no Facebook 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

five × three =