Início Crónicas Crónica: Rebeldia

Crónica: Rebeldia

COMPARTILHAR

A Rebeldia é um espírito permanentemente insatisfeito,
Um sustentáculo de fortes convicções, inabaláveis como uma fortaleza
E uma atitude singular perante a vida, sem futilidades.

Quem é rebelde é um guerreiro natural, um diplomata que cospe fogo,
Um aventureiro viajante que deambula pelos caminhos, pensativo,
Vivendo segundo os seus ideais, sem se importar com opiniões alheias,
Sendo um solitário na busca pelos seus sonhos.

Na demanda de realizar os sonhos, demonstra uma faceta de indisciplina,
Um deambulante que quebra regras, obstinadamente,
Trilhando o seu próprio rumo, idealista e magicamente,
Com a certeza de que a invulgaridade é a melhor direção a tomar.

Na sociedade vulgar e na rotina lenta, que vai atravessando estradas retas,
Existem almas visionárias que constroem um mundo apaixonante,
Alheias à realidade em que estão submersas,
Autênticas prosas primaveris, que desabrocham no seu esplendor.

Joana Montenegro


  • Espaço livre para publicações de crónicas e poemas. Os textos não são editados nem alterados.
  • A responsabilidade pelo texto aqui redigido é inteiramente do autor e seu envio é registado via assinatura digital. 
  • Tens uma crónica ou um poema? Enviem-nos para [email protected] ou por mensagem em nossa página no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

eighteen − thirteen =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.