Início Crónicas “Rede social não é site de notícias”, afirma o filósofo Fabiano de...

“Rede social não é site de notícias”, afirma o filósofo Fabiano de Abreu

COMPARTILHAR
Em um mundo virtual em que muitos se acham o dono da verdade e da razão, a publicar o que querem, o que acham, convictos e convincentes, quem salva e o que salva é a imprensa, alerta o filósofo e pesquisador Fabiano de Abreu para a rádio CBN(Rede Globo-Brasil): “Somente a imprensa pode definir se aquilo que foi escrito é verdade ou não. Portanto, essa história que a midia social está acabando com a imprensa não é verdade, precisamos da imprensa para a credibilidade dos fatos”.
 
Para ele, o fake news acontece unicamente pois há quem dá atenção a isso. “Há quem leia e passe adiante. Há quem goste da confusão, da discórdia. Há os que estão infelizes com a própria vida e propagar a discórdia torna-se uma resposta para a sociedade. É tão simples, ao receber uma informação, digite sobre a mesma no Google e veja se alguém de relevância o publicou. Se um site de notícias com credibilidade tenha publicado”, afirma Fabiano de Abreu, que também é jornalista e assessor de imprensa.
 
“No mínimo pode demorar um pouco para ser publicado, pois a imprensa apura os fatos e só publica com 100% de certeza. Mas aguarde e verifique se a informação é ou não real. Fora isso, é só mais uma pegadinha de mídia social. Em época de eleições, temos que ter muito cuidado com o fake news, primeiro, ao ler, não acredite antes de provar. Pois a informação, se for relevante, estará em um site de notícias”, acrescenta o filósofo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

13 − twelve =