Início Cultura Morreu a artista plástica Helena Almeida

Morreu a artista plástica Helena Almeida

COMPARTILHAR

(dr) Helena Almeida / Wikimedia

A artista plástica Helena Almeida

A artista plástica de 84 anos morreu, esta quarta-feira, em Lisboa, disse à agência Lusa fonte da galeria que a representava, a Galeria Filomena Soares.

Nascida em Lisboa, em 1934, Helena Almeida criou, a partir dos anos 1960, uma obra multifacetada, sobretudo na área da fotografia, tornando-se uma figura destacada no panorama artístico português contemporâneo.

A exposição “O Outro Casal. Helena Almeida e Artur Rosa”, sobre a obra da artista plástica, centrada nos registos em que aparece com o marido, também artista, Artur Rosa, esteve patente desde junho ao passado dia 9, na Fundação Arpad Szenes Vieira da Silva, em Lisboa.

No passado dia 20, a artista plástica tinha inaugurado a mostra “Dentro de mim”, na galeria Helga de Alvear, em Madrid. Tinha também neste momento uma exposição na Tate Modern, em Londres, onde se mostram as suas famosas séries “Tela Habitada” e “Desenho (com Pigmento)”.

Ao Público, a curadora Isabel Carlos confirmou que a artista plástica, considerada uma das mais importantes do século XX, morreu ontem na sua casa em Sintra. “A Helena tem uma obra única que marca a arte contemporânea. E é uma artista que ultrapassou há muito a dimensão nacional. A obra da Helena – a Helena – é verdadeiramente universal”.

A curadora, que diz ter perdido uma “grande, grande amiga”, destacou-se pela forma “como fez da fotografia uma confluência de linguagens, da pintura à performance, passando pelo desenho” e acredita que continuará a ter uma “influência poderosa” no trabalho de muitos artistas.

“Tudo na obra da Helena são emoções em estado fotográfico. Ela não é apenas única, tem uma força brutal. Uma força que vem da auto-representação, que ninguém faz como ela”, diz ainda ao jornal.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

16 − 3 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.