Início Desporto Terminou empatado o Oliveirense – Benfica

Terminou empatado o Oliveirense – Benfica

COMPARTILHAR

Encarnados queixaram-se da dupla de arbitragem formada por Paulo Rainha (Minho) e António Santos (Aveiro), Bargalló com uma exibição fantástica e com 3 golos marcados foi  considerado o melhor em pista 

Oliveirense e Benfica empataram esta noite a 4 golos em jogo referente á 9ª jornada do Campeonato nacional da 1ª Divisão
Num pavilhão praticamente cheio , Oliveirense e Benfica, protagonizaram esta noite, a uma excelente  partida de hóquei em patins.
Empurrada pelo seu público, a Oliveirense cedo chegou a primeiro golo através de João Souto,estavam decorrido 2 minutos.
Os encarnados ainda não tinha sequer reagido ao golo sofrido e a dupla fornada por Barreiros /Bargalló, iriam novamente fazer estragos na baliza defendida por Pedro Henriques com a marcação do 2 golo da equipa de Oliveira de Azeméis(4’).
Na tentativa de colocar ordem na casa, Pedro Nunes, foi obrigado a pedir um  time-out, e diga-se em boa hora o fez, porque logo de seguida  os encarnados chegariam ao empate com golos de Vieirinha e de Carlos Nicolia, estavam jogados 6′.
O jogo estava equilibrado até que a 3’ do final da 1ª parte Bargalló encontrou o caminho da baliza adversária para fazer  o 3 golo da sua equipa.
O Benfica em desvantagem no marcador, veio para a segunda metade mais pressionante e com outra determinação, isto  na tentativa de chegar ao golo do empate. Os encarnado iriam  ficar a jogar com menos uma unidade por exclusão (2 minutos) de  Vieiirinha por uma falta cometida sobre João Souto e descortinada por Antonio Santos. Do livre direto, Bargalló, não consegui bater Pedro Henriques.
Se o espanhol não marcou de bola parada,  o nº 9 da equipa da Oliveirense iria tirar proveito de um remate a meio da meia pista encarnada para fazer desta forma o  4-2.

>

A Oliveirense ainda teve no stick  de Bargalló a possibilidade de fazer o quinto golo da sua sua equipa, mas Pedro Henriques especialista em travar jogadas de bola parada(livres diretos/penalties), não deu hipóteses de tal proeza ao internacional espanhol.
Ainda estavam a festejar o golo os adeptos da Oliveirense e Jordi Adroher numa jogada rápida acabaria  por conseguir o terceiro golo do Benfica.
A jogar contra o tempo e contra um resultado desfavorável, os encarnados tentaram por tudo chegar ao golo do empate, golo esse que chegaria a pouco mais de 3 minutos para o final do jogo , num desvio de Adroher na área de Puigbi após remate de Diogo Rafael.
Foram muitas as contestações dos encarnados sobre atuação da dupla de arbitragem formada por Paulo Rainha(Minho) e António Santos (Aveiro).
Após este jogo o Benfica é 2º com 24 pontos enquanto que a equipa da Oliveirense continua na terceira posição com 22 pontos.

Pavilhão DR Salvador Machado

Arbitragem: Paulo Rainha(Minho) e Antonio Santos (Aveiro)

Oliveirense: Puigbi, Pedro Moreira, Ricardo Barreiros, Bargalló e João Souto (5 Inicial)
Domingos Pinho, Jepi Selva, Nuno Araujo, Jordi Burgaya e Pablo Cancela

>

Benfica: Pedro Henriques, Valter Neves, Vieirinha, Jordi Adroher e Carlos Nicolia(5 inicial)
Guillem Trabal, Diogo Rafael, Tiago Rafael, Miguel Rocha e João Rodrigues

Golos UD Oliveirense:Bargalló (3) e João Souto
Golos Benfica : Jordi Adroher(2) Vieirinha e Carlos Nicolia

Disciplina: Vieirinha (cartão azul)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

8 + seventeen =