Início Desporto Benfica contratou russos para investigar e-mails

Benfica contratou russos para investigar e-mails

COMPARTILHAR

O Benfica contratou uma empresa de cibersegurança e um escritório de advogados russos para identificar os responsáveis das empresas onde estão alojados os e-mails confidenciais divulgados pelos blogues anónimos.

De acordo com a página de jornal desta quinta-feira do Jornal de Notícias, o Benfica contratou empresas sediadas em Moscovo, na Rússia, para tentar encontrar as “localizações físicas da Realistic Group e Regtime” num prazo de “seis meses”. Ao que o JN apurou, o Benfica também pretendia encontrar os donos dos servidores.

Esta investigação foi realizada por conta-própria do Benfica, após o arquivamento da queixa que o Benfica apresentou na Justiça americana contra a Google e a WordPress.

Numa primeira fase, os dados obtidos pelo clube da Luz sobre a Realistic Group apontavam para localizações na Rússia, em Rybinsk, uma cidade a mais de 400 quilómetros da capital Moscovo.

Após chegar a essas conclusões por conta-própria, o clube da luz terá contratado as duas empresas russas para averiguar o paradeiro dos servidores.

Esta ação foi comunicada às autoridades norte-americanas, no processo que decorre no Tribunal da Califórnia que coloca o clube encarnado contra a Google e outras empresas de tecnologia do setor.

Segundo conta a Sábado, estas empresas – Realistic Group e Regtime – detêm as informações confidenciais sobre “contratos de jogadores, dados de recrutamento de atletas e informações corporativas”.

De acordo com o Jornal Económico, a queixa apresentada pelo clube da Luz no Tribunal da Califórnia foi feita contra desconhecidos e empresas ligados à alegada utilização ilegal de correspondência dos encarnados.

Apesar de arquivados, os casos poderão ser reabertos no futuro.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

thirteen + 6 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.