Início Desporto Ministério Público quer ouvir Jorge Jesus com urgência

Ministério Público quer ouvir Jorge Jesus com urgência

COMPARTILHAR

António Cotrim / Lusa

O Ministério Público quer ouvir com urgência o ex-treinador do Sporting, Jorge Jesus, no âmbito do processo que investiga o ataque à Academia de Alcochete, com o intuito de cruzar as declarações do técnico com as conversas que manteve com o Bruno de Carvalho.

O caráter de urgência deve-se ao facto de, no próximo dia 21 de novembro, completar seis meses que 23 suspeitos foram detidos, podendo sair em liberdade se o processo não tiver seguimento.

A informação, que é avançada pelo jornal Record, refere ainda que o treinador português só pode regressar a Portugal no próximo mês de dezembro, devido a questões burocráticas, na Arábia Saudita, relacionadas com o seu passaporte.

Recorde-se que Bruno de Carvalho foi detido no domingo ao final da tarde, momentos antes do inicio do jogo entre o Sporting e o Desportivo de Chaves. O presidente destituído está indiciado pelos crimes de terrorismo, ofensas e sequestro.

Telefonemas, mensagens de WhatsApp e testemunhos foram determinantes para a detenção do ex-presidente do Sporting que é suspeito de ser o autor moral do ataque à Academia leonina.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

six + 14 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.