Início Desporto Piloto penafidelense Pex Moura novamente no pódio

Piloto penafidelense Pex Moura novamente no pódio

COMPARTILHAR
Pex Moura Jr e Pedro Moura, pai do piloto, durante a competição do passado Domingo.
O piloto português de Penafiel, Pedro Moura, conhecido como Pex Moura, de 8 anos, confirmou neste domingo(16), ser o melhor piloto ‘rookie’ da atualidade ao estrear na categoria Micro Max no ‘Troféu dos Campeões de Karting’, no kartódromo de Viana do Castelo em Portugal, em terceiro lugar e só não colocou-se melhor devido a falta de mecânico, diz o próprio piloto.
“Meu pai foi o meu mecânico, ele diz que não teve como pagar um mecânico profissional e acabou que tivemos problemas no carro. Mas não ligo, sou orgulhoso dele e ele está a  esforçar-se por mim.”
Rookie, que significa estreante traduzindo para português, são pilotos que acabaram de subir de classe. Na estréia, para encerrar o ano, Pex foi o melhor colocado e teve o melhor tempo do kartódromo na categoria.
O vencedor foi o espanhol Marcos Costoya, um dos Pilotos mais rápidos do mundo. Em segundo o português Rodrigo Vilaça de 9 anos. Pex Moura de 8 anos ficou em terceiro lugar.
Por um erro da organização do evento na contagem dos pontos, Pex não subiu ao pódio pois seu nome apareceu em quarto lugar. À noite, a organização entrou em contacto com o piloto, a dizer que houve um erro e que ele foi o terceiro colocado.
“Estar entre os 3 primeiros na minha estréia na categoria é muito bom. Mesmo em quarto eu estaria feliz, mas se pode estar no pódio melhor”.
Pedro Moura, pai de Pex, disse que busca apoios os custos de manutenção e participação do piloto nos campeonatos, e que isto não tem sido uma tarefa fácil. Actualmente, Pex conta com o apoio do McDonalds de Penafiel, mas isto ainda não é o suficiente para todas as despesas.
O ‘Troféu dos Campeões de Karting’, conta com a participação dos melhores pilotos da Europa, mas também podem participar os pilotos de outros continentes. Contudo, as inscrições estão abertas apenas aos campeões de seus respectivos países.
“Meu pai foi o meu mecânico, pois ele diz que não teve como pagar um mecânico profissional. Acabou que tivemos problemas no carro durante a corrida. Mas não me importo, estou orgulhoso dele e ele está a esforçar-se por mim.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × 1 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.