Início Notícias Saíram as notas dos exames. Médias positivas mas mais reprovações

Saíram as notas dos exames. Médias positivas mas mais reprovações

COMPARTILHAR

Marcello Casal Jr. / ABr

Os notas dos exame nacionais foram publicadas nesta quinta-feira e, de acordo com os dados divulgados, as tendências mantiveram-se: Português e Matemática registaram médias positivas. Pior ficou História que desceu 8 pontos, tendo uma média geral negativa.

De acordo com os dados divulgados pelo Ministério de Educação e apesar do clima de instabilidade que marcou as avaliações nacionais durante este ano, o resultados foram de encontro aos registados em 2017, avança o Público.

Português A e Matemática, duas das disciplinas com mais alunos inscrito, ambas desceram ligeiramente as médias, que continuaram positivas. A Português desceu de 11,1 para 11 valores. E a Matemática passou de 11,5 para 10,9.

Já as disciplinas de Física e Química A e a Biologia e Geologia, ambas disciplinas do 11.º ano, subiram, respetivamente, de 9,9 para 10,6 e de 10,3 para 10,9.

Dos 21 exames para os quais é possível fazer comparações, registou-se uma subida da média em nove.

História A e Economia A foram as disciplinas que registaram maiores descidas nas provas deste ano. As médias a passarem, respetivamente, de 10,3 para 9,5 e de 12,1 para 11,3. Com uma queda de 8 pontos (em 200), História ficou assim com uma média negativa.

O exame nacional de Matemática foi a prova que registou mais reprovações, com uma taxa de 14% de alunos reprovados. O ano passado foi a disciplina de Física e Química que registou mais reprovações, nota o Observador.

Física e Química, que no ano passado registou uma taxa de reprovação de 14%, melhorou os resultados, passado a ter 10% de chumbos.

As inscrições para a segunda fase dos exames nacionais arrancam a 18 de julho — no mesmo dia em que se iniciam as candidaturas ao Ensino Superior — e terminam a 23 de julho.

Escolas abriram portas à meia-noite para afixar notas

Este ano, e à semelhança do ano passado, são várias as escolas, principalmente na região Norte, que voltaram a abrir portas nos primeiros minutos desta quinta-feira para que tanto os alunos como os familiares pudessem ter conhecimento das notas dos exames nacionais e das provas de equivalência.

Segundo o Jornal de Notícias, a Escola Secundária Martins Sarmento, em Guimarães, e a Escola Secundária Camilo Castelo Branco, em Famalicão, foram duas das escolas que convidaram os estudantes a conhecer as suas classificações logo após a meia noite através das redes sociais e de SMS.

Filinto Mota, membro da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos de Escolas Públicas, esta “é uma medida muito positiva no final de um ano letivo que foi e está a ser particularmente duro”. Este “momento de convívio entre a comunidade escolar” reduz o “sofrimento dos alunos e das famílias porque vão todos dormir mais descansados”.

“A indicação do Ministério da Educação é que as notas apenas sejam reveladas no dia 12 e as escolas não vão infringir nenhuma norma. Umas vão mostrar as notas às 8 horas da manhã e outras às 00.01 horas”, explicou ao jornal.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

sixteen − one =