Início País Embaixador de Portugal regressa a Moscovo

Embaixador de Portugal regressa a Moscovo

COMPARTILHAR

O Governo português decidiu que o embaixador na Rússia, chamado a Lisboa para consultas na sequência do “caso Skripal”, vai regressar a Moscovo ainda esta semana e “tão cedo quanto possível”.

“Nós neste momento entendemos que já há condições para o regresso do nosso embaixador a Moscovo e isso far-se-á tão cedo quanto possível, agora é uma questão meramente prática”, indicou Augusto Santos Silva aos jornalistas, à margem de uma reunião de chefes de diplomacia da União Europeia, no Luxemburgo.

O ministro apontou que o embaixador Paulo Vizeu Pinheiro regressará ainda esta semana, provavelmente na terça-feira à noite, a Moscovo, para onde já regressou também o embaixador da União Europeia, que fora igualmente chamado pela chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini.

No final de março, o embaixador português foi chamado para consultas a Lisboa, na sequência da expulsão de vários diplomatas russos não só pelo Reino Unido, como por outros países europeus.

Na altura, Portugal decidiu não expulsar diplomatas, com o ministro dos Negócios Estrangeiros a considerar que essa era “a reação mais dura” e que Portugal tomou uma decisão que “não prejudica em nada a solidariedade para com o Reino Unido e a NATO”.

Em causa está o envenenamento do ex-espião russo, Sergei Skripal, e da sua filha, Yulia, com uma substância neurotóxica que os deixou em estado crítico. Os dois foram encontrados desmaiados num banco em Salisbury.

Entretanto, Yulia Skripal já teve alta hospitalar e foi deslocada para um local seguro. O pai continua no Hospital Distrital de Salisbury.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × 1 =