Início País “Fogooooo fujam”. MEO deixa clientes em sobressalto

“Fogooooo fujam”. MEO deixa clientes em sobressalto

COMPARTILHAR

Esta quarta-feira, alguns clientes da MEO foram apanhados de surpresa quando receberam uma mensagem onde se lia “Fogooooooo fujam”, mas tudo não terá passado de um lapso da operadora.

A informação está a ser avançada pelo jornal i que revela que esta quarta-feira vários clientes da MEO receberam um alerta de incêndio por mensagem. “Fogooooooooo fujam”, lia-se na SMS, proveniente de um remetente com o nome TestPT1.

De seguida, os mesmos clientes receberam duas mensagem nas quais se podia ler “Mensagem de teste Teresa2” e “Mensagem de teste 04”.

Durante a tarde, a MEO procedeu à correção do erro, enviando novas mensagens aos mesmos destinatários com uma pedido de “desculpa pelo incómodo”, revelando que “foram enviados SMS de teste por erro”, acrescentando que os clientes devem ignorar os alertas.

O erro terá resultado de uma anomalia informática, de acordo com o mesmo jornal, e todos os clientes afetados terão sido avisados de que deveriam ignorar os avisos de teste e de fogo.

Um funcionário da empresa explicou que a MEO tem estado a “testar um novo sistema de alertas da Proteção Civil“, e que as mensagens estavam a ser trocadas “internamente”, tendo sido um “lapso” que fez com que as SMS chegassem aos clientes.

A Proteção Civil, por sua vez, diz não estar a par da situação.

A partir de 1 de junho entra em vigor um novo sistema de alertas através de mensagens de telemóvel. As populações de zonas com maior risco de incêndio vão passar a ser avisadas sobre perigos e comportamentos a adotar através da sua operadora móvel.

A novidade resulta de uma recomendação dos peritos da Comissão Técnica Independente que analisaram os grandes incêndios do ano passado e concluíram haver um défice de comunicação entre a Autoridade Nacional de Proteção Civil e as populações. O novo sistema resulta de uma parceria entre as operadoras e a Proteção Civil.

Situações semelhantes já aconteceram noutras partes do mundo. Em janeiro, no Havai, a população recebeu um alerta de míssil balístico onde se lia que a mensagem “não se tratava de um ensaio”.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

seven + three =