Início País Crise na Venezuela aumenta procura por cidadania portuguesa

Crise na Venezuela aumenta procura por cidadania portuguesa

COMPARTILHAR

Quase 10 mil lusodescendentes decidiram “reclamar” a nacionalidade dos seus país nos últimos dois anos, período em que a Venezuela, liderada por Nicolás Maduro, agravou a sua crise económica.

Entre janeiro de 2017 e março de 2018, o Governo concedeu a nacionalidade portuguesa a 5800 lusodescendentes, dos quais, cerca de 5500 eram descendentes de portugueses na Venezuela, avança o jornal Público nesta terça-feira.

Já em 2016, foram 4125 os descendentes venezuelanos a adquirirem a nacionalidade portuguesa. Os dados foram fornecidos ao diário pelo gabinete do secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro.

Apesar do acréscimo, o secretário de Estado descarta a ideia de existir uma vaga de imigração venezuelana ou uma vaga de emigração de lusodescendentes. Segundo José Luís Carneiro, os números “são relativos”, uma vez que os cidadãos vêm a Portugal em “determinados períodos, nomeadamente à Madeira, e depois regressam”, porque têm a sua vida profissional e familiar naquele país.

Em 2017, o Governo de António Costa criou um pacote para retirar obstáculos e acelerar a atribuição de nacionalidade portuguesa a lusodescendentes na Venezuela.

Já este ano, em julho, os Ministérios dos Negócios Estrangeiros e da Justiça decidiram enviar para a Venezuela dois funcionários do Instituto de Registos e Notariado, que estarão durante dois meses nos postos consulares.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × 3 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.