Início Mundo Após visitas secretas a Portugal, Polícia britânica pede mais dinheiro para procurar...

Após visitas secretas a Portugal, Polícia britânica pede mais dinheiro para procurar Maddie

COMPARTILHAR

Facundo Arrizabalaga / EPA

Kate e Gerry McCann, os pais de Maddie

A Polícia britânica ainda acredita que pode desvendar o mistério do desaparecimento de Maddie McCann e para seguir pistas que terão sido detectadas em Portugal, em visitas secretas realizadas em 2017, pediu mais dinheiro ao Governo para a investigação.

The Sun assegura que a Polícia Metropolitana de Londres pediu mais seis meses de financiamento ao Governo britânico para continuar à procura de Maddie McCann, a menina inglesa que desapareceu em Maio de 2007, no Algarve.

A polícia britânica acredita que pode estar perto de resolver o mistério, depois de ter estado em Portugal, em 2017, em visitas mantidas em segredo, de acordo com a referida publicação.

A notícia de que os detectives da “Operação Grange”, que estão concentrados no caso, visitaram secretamente Portugal, no ano passado, foi avançada pelo Daily Star. Este jornal nota que os agentes analisaram cerca de 40 mil documentos da investigação que foi arquivada pela Polícia portuguesa.

O diário fala em cinco voos de ida e volta, citando documentos da Polícia britânica e notando que estão em causa viagens a um preço individual de 1.240 libras (mais de 1.390 euros).

Além disso, o jornal contabiliza ainda os custos de alojamento de 811 libras (cerca de 910 euros) para um detective e gastos de 80 libras (quase 90 euros) com deslocações de táxi do e para o Aeroporto.

O The Sun sustenta que essas viagens a Portugal levaram os detectives à descoberta de pistas importantes para analisar.

É assim que se justificará este novo pedido de dinheiro para a investigação que, em 11 anos, custou 11 milhões de libras (cerca de 12 milhões de euros), ou seja, mais de um milhão de euros por ano.

Uma fonte da Polícia Metropolitana de Londres citada pelo jornal britânico refere que “a investigação continua” e que esta força de autoridade está “em diálogo com o Ministério do Interior sobre mais fundos“.

Mas o Ministério do Interior britânico não confirma, notando que não recebeu qualquer pedido formal de mais dinheiro. Mas se esse pedido aparecer, será “cuidadosamente considerado”, afiança fonte do Ministério.

A possibilidade de atribuir mais fundos à investigação é uma esperança renovada para os pais de Maddie, Katie e Gerry McCann, que sempre defenderam que a filha está viva.

“A Kate e o Gerry estão gratos à Polícia Metropolitana por tudo o que fizeram durante estes anos, e claro que esperam que o inquérito sobre o rapto da filha continue, se mais fundos forem pedidos e disponibilizados”, salienta uma fonte próxima dos McCann em declarações ao Daily Mail.

Se estiver viva, Maddie McCann tem actualmente 15 anos.

SV, ZAP //

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

12 − 10 =