Início País Iniciativa Liberal insinua que Santana Lopes copiou as suas ideias e programa

Iniciativa Liberal insinua que Santana Lopes copiou as suas ideias e programa

COMPARTILHAR

Tiago Petinga / Lusa

O provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Pedro Santana Lopes

O partido Iniciativa Liberal (IL) acusou Pedro Santana Lopes de se estar a tentar colar aos novos movimentos europeus com quem este partido já está envolvido e insinuou que terá copiado temas do seu programa partidário.

Num comunicado, o presidente do recém-formado IL, que aprovou o seu programa político em maio, questiona por que motivo Pedro Santana Lopes nunca fez nada para mudar a orientação do partido no sentido dos movimentos e partidos liberais europeus, nos quais diz que se inspira.

Miguel Ferreira da Silva vai mais longe e acusa o antigo Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa de querer “vir dar cabo do liberalismo sem pensar que está a condenar o país a mais umas décadas de estatismo”, tudo por causa de um “acerto de contas” com o presidente do PSD, Rui Rio, que quer derrotar.

Este líder partidário afirmou ainda que “Santana Lopes, por coincidência ou não, parece que foi copiar muitos temas do programa da Iniciativa Liberal, como a liberalização da segurança social ou da saúde – quando ainda há poucas semanas dizia que queria mais Estado na saúde”.

Sublinhando que o liberalismo económico e social já é defendido pela IL, Miguel Ferreira da Silva considera que se Pedro Santana Lopes quisesse mesmo renovação, deveria apoiar quem representa essa renovação, em vez de “criar outro partido” com a mesma orientação.

As declarações do presidente da IL surgem depois de, no sábado, ter sido noticiado que o novo partido do ex-primeiro-ministro Pedro Santana Lopes se vai chamar Aliança e que a recolha de assinaturas para se constituir formalmente arranca na próxima semana.

No final de junho, o antigo primeiro-ministro (2004/2005) afirmou, em entrevista à Visão, que a sua intervenção política no PSD “acabou”, mas na ocasião não esclarecia se se iria desfiliar deste partido ou fundar uma nova formação política.

Em agosto, comunicou a decisão de sair do partido através de uma carta aberta aos militantes, pondo fim a 40 anos de militância no PSD.

Na carta de despedida, Pedro Santana Lopes considera: “não faz sentido continuar numa organização política só porque já estamos há muito, ou porque em tempos alcançamos vitórias e concretizações extraordinárias se, no passado e no tempo que importa, no tempo presente, não conseguimos fazer vingar ideias e propostas que consideramos cruciais para o bem do nosso país”.

A Iniciativa Liberal é o mais recente partido político formado em Portugal. Defende a liberalização quer da economia, quer dos costumes sociais. A Iniciativa Liberal reforça os valores liberais essenciais para o progresso de Portugal, defendendo mais liberdade política, social e económica.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × two =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.