Início País António Costa vítima de “fake news”

António Costa vítima de “fake news”

COMPARTILHAR

Tiago Petinga / Lusa

A divulgação da foto da Reuters com a deputada socialista Isabel Moreira a pintar as unhas, no Parlamento, gerou uma onda de indignação e deu forma a uma notícia falsa, que assegura que António Costa vai processar o fotógrafo que captou a imagem.

Esta informação falsa está a ser veiculada pelo site Gazeta Política que tem uma aparência semelhante a qualquer site de notícias, mas que “não tem qualquer registo oficial”, nem sequer está registado na Entidade Reguladora da Comunicação Social, como destaca o Diário de Notícias.

A suposta notícia refere que “António costa diz que vai processar autor da foto de Isabel Moreira” porque “não gostou da brincadeira”. “Era o que mais faltava não era?”, termina.

O Gazeta Política surge associado à página de Facebook “Portugal Contra a Geringonça” e na mesma morada do site, funcionam outras páginas da Internet que divulgam “informação falsa”, destaca o DN.

Um dos administradores do site é Mário Gonçalves, musicoterapeuta de Monforte e ex-presidente da secção do CDS na localidade de Portalegre, no Alentejo.

Mário Gonçalves surge no seu perfil oficial no Facebook em fotografias ao lado de Assunção Cristas e Paulo Portas, mas nas últimas eleições autárquicas, rompeu com o CDS e apoiou o candidato do PS à Câmara de Elvas, Nuno Mocinha, que acabou por vencer o sufrágio.

Em declarações ao DN, Mário Gonçalves diz-se “apartidário”. “Já fui político, do CDS, mas agora não estou ligado à esquerda nem à direita”, garante.

Quanto à notícia falsa sobre António Costa, Mário Gonçalves assegura que não foi ele quem a escreveu, mas assume que redigiu um texto parecido, e igualmente falso, anunciando uma suposta investigação do Ministério da Administração Interna ao fotógrafo da Reuters que apanhou Isabel Moreira a pintar as unhas no Parlamento.

“Mas já desmenti essa notícia depois de ter investigado. Eliminei a publicação e tudo. E pedi desculpas“, frisa Mário Gonçalves ao DN.

Todavia, essa informação falsa teve “mais de dez mil partilhas”, como nota ao jornal. E também a fake news sobre o suposto processo de António Costa se disseminou pela Internet como uma informação verdadeira.

Além do seu perfil oficial, Mário Gonçalves também gere outro perfil, ao que apurou o DN, onde foi divulgada uma carta aberta a Isabel Moreira, que acusa também outros deputados e ex-governantes do PS.

Mário Gonçalves também tem promovido na Internet uma manifestação para esta segunda-feira, 5 de Novembro, em frente à Assembleia da República, em torno do mote “é tempo de dizer basta – Portugal contra a corrupção“.

A manifestação também é promovida no site Gazeta Política, onde se nota que “Mário Gonçalves organiza a maior manifestação a que Portugal já assistiu nos últimos anos”.

SV, ZAP //

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

18 + three =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.