Início País Assembleia da República vai gastar 25,3 milhões com partidos em 2019

Assembleia da República vai gastar 25,3 milhões com partidos em 2019

COMPARTILHAR

António Cotrim / Lusa

A Assembleia da República prevê gastar um total de 121 milhões de euros em 2019. Desse total, 25,3 milhões de euros destinam-se aos cofres dos partidos pelas subvenções.

Em 2019, a Assembleia da República prevê gastar um total de 121 milhões de euros, mais do que estava inscrito no orçamento inicial deste ano porque em 2018 não se realizaram eleições, avança esta segunda-feira o jornal Público.

Deste montante, 25,3 milhões de euros destinam-se aos cofres dos partidos pelas subvenções. Cerca de onze milhões para pagar as campanhas eleitorais das europeias, legislativas nacionais e legislativas da Madeira; e ainda 14,4 milhões para as subvenções devidas aos sete partidos representados no Parlamento e aos dois sem representação – PCTP/MRPP e PDR (de Marinho e Pinto).

Segundo o matutino, quando se comparam as despesas de funcionamento e investimento da Assembleia da República previstas para 2019 com as deste ano, percebe-se que há um aumento de 3,2 milhões de euros. Ou seja, o funcionamento do Parlamento e de uma série de entidades deverá custar aos portugueses cerca de 83 milhões de euros.

No próximo ano realizam-se eleições europeias, legislativas nacionais e da Madeira. Além das campanhas eleitorais, há outras despesas que vão aumentar face a este ano. A conservação e reparação de edifícios vai custar 1,5 milhões de euros, quando este ano se ficou pelos 500 mil, por exemplo.

Além disso, os gastos com equipamento informático vão triplicar, de 400 mil euros para 1,2 milhões. Já os gastos com audiovisual crescem meio milhão de euros, totalizando 2,1 milhões.

Mas o maior encargo a Assembleia da República é a despesa com pessoal, que irá custar perto de 51 milhões de euros, aumentando 640 mil euros em relação a este ano.

A parte destinada aos salários dos deputados mantém-se nos 11,8 milhões de euros enquanto que as ajudas de custo dos parlamentares vão ser cortadas em 500 mil euros, para 3,1 milhões de euros.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

15 + twelve =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.