Início País Ferro Rodrigues tentou “abafar” auditoria que revela ilegalidades no Parlamento

Ferro Rodrigues tentou “abafar” auditoria que revela ilegalidades no Parlamento

COMPARTILHAR

Tiago Petinga / Lusa

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues

Ferro Rodrigues, o presidente da Assembleia da República, ficou “furioso” com a divulgação das conclusões da auditoria do Tribunal de Contas que aponta várias ilegalidades e irregularidades no Parlamento.

A auditoria realizada pelo Tribunal de Contas (TdC) às finanças da Assembleia da República (AR) concluiu que os deputados recebem um Seguro de Saúde ilegal, apontando ainda diversas irregularidades e o risco de fraude fiscal, nomeadamente com pagamentos indevidos de viagens a deputados, o controlo desadequado das presenças e a desactualização de dados no âmbito das moradas de residência.

A divulgação do relatório na semana que findou deixou Ferro Rodrigues “furioso” como aponta o semanário Sol, frisando que o presidente da AR pretendia “abafar” o documento, pelo menos até à “conferência de líderes que antecipou as respostas às recomendações dos conselheiros” do TdC.

O documento do TdC estará a ser analisado pelo Ministério Público que pode vir a abrir um processo de inquérito, segundo o Sol.

Nesta sexta-feira, Marcelo Rebelo de Sousa deixou elogios a Ferro Rodrigues, referindo que o presidente da AR fez uma “intervenção muito clara e corajosa” sobre a polémica do registo de presenças no Parlamento.

No final de uma cerimónia no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, o Presidente da República realçou “como é fundamental o papel central do Parlamento na democracia portuguesa” e defendeu que foi precisamente isso que Ferro Rodrigues transmitiu aos portugueses com a sua intervenção.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

fifteen − ten =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.