Início Castelo de Paiva Paulo Teixeira queixa-se do “abandono” ao turismo às margens do rio

Paulo Teixeira queixa-se do “abandono” ao turismo às margens do rio

COMPARTILHAR

Em sua publicação, o ex-presidente de câmara de Castelo de Paiva, dos tempos da queda da ponte, em 4 de março de 2001, Paulo Teixeira, alega que seus esforços para atrair o turismo às margens do Rio Arda e no Castelo foram em vão, e que não foi dada a continuidade.

“Bons tempos aqueles em que conseguimos, junto dos operadores turísticos no Douro, a paragem e almoço dos turistas em Castelo de Paiva. Foram milhares de turistas que pararam nas margens do Rio Arda (Pedorido) e no Castelo (Fornos), esforço que o Executivo ao qual presidi fez e que entretanto se perdeu. Haja esperança que isto volte acontecer,” disse em sua publicação.

Publicação em Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

10 + eighteen =